Financimento

Quilombo Ibicuí da Armada

A comunidade quilombola Ibicuí da Armada está localizada no município de Santana do Livramento, na divisa com o Uruguai. São 35 famílias, totalizando 110 descendentes do escravo Manoel Vicente Vaqueiro. O sobrenome não é coincidência. É uma evidência da habilidade dos afro-descendentes no manejo da pecuária. O escravo Manoel foi comprado em Pelotas, zona das charqueadas, pelo estancieiro Bragança e levado para Livramento. Com a abolição da escravatura, o patrão, além da alforria deu-lhe um pedaço de terra. Manoel tinha tanta destreza na lida com o gado que acabou adotando o sobrenome Vaqueiro e, hoje, seus descendentes, além de herdarem o nome continuam preservando a cultura e são especialistas no artesanato com lã de ovelha. Dona Valeriana Vaqueiro, a matriarca, tem 97 anos, faz crochê, anda a cavalo e conta, com lucidez e emoção as histórias da família.