Financimento

Quilombo Alto do Caixão

A Comunidade Quilombola do Alto do Caixão é composta por 60 famílias e se localiza a cerca de 50 km da sede do município de Pelotas. Cada família ocupa uma área de 1 a 2 hectares, o que traz grandes dificuldades para a prática produtiva. A comunidade se originou no período pós-abolição, na busca por terras e trabalho por parte de ex-escravos e seus descendentes. Assim como em muitas outras comunidades quilombolas rurais do Rio Grande do Sul, a organização da Associação Comunitária do Alto do Caixão possibilitou a mobilização das famílias e a conquista de benefícios e direitos sociais: a comprovação da posse das terras, acesso ao talão do produtor rural, acesso a projetos para a aquisição de maquinários e equipamentos agrícola, acesso aos programas Minha Casa, Minha Vida; Luz Para Todos, entre outros.